Eu e a Marina, uma amiga que morava comigo, resolvemos fazer uma viagem curta, de apenas um fim de semana, já que ainda estávamos em aula e não queríamos faltar. Escolhemos um lugar que todo mundo dizia ser lindo e estava há apenas 1 hora de vôo, a Suécia. Fomos pesquisar as promoções das companias aéreas e compramos pela www.ryanair.com. Pagamos apenas 30 libras (o equivalente a R$150,00 na época),já com as taxas. Saímos na sexta-feira e retornamos na segunda pela manhã. Pista de patinação montada na praça, no centro da capital Estocolmo. Abaixo o palácio Riksdag, ou parlamento sueco, localizado na Ilha Helgeandsholmen. Desfile da guarda real da Suécia. Assim como em Londres, todos os fins de semana há o desfile para os turistas. Passamos o sábado em Estocolmo, passeando pela cidade e conhecendo os principais pontos turísticos. O lugar é lindo e o povo então, nem se fala. As ruas parecem um verdadeiro desfile de moda. As pessoas são MARAVILHOSAS! Fomos ao Palácio Real de Estocolmo, onde acontece o desfile da guarda real e à Igreja Riddarholmskyrkan, a construção mais antiga da cidade. Semla - bolinho tipico sueco, recheado com chantilly e creme de menta. À noite partimos para Gotemburgo, uma cidade no extremo oposto. Compramos as passagens na estação rodoviária e viajamos durante toda a noite. Como era domingo e inverno, estava praticamente tudo fechado durante o dia: lojas, shoppings e os locais para visitação. Gotemburgo é a segunda maior cidade da Suécia e onde fica localizado o maior porto dos países nórdicos.    Gotemburgo e Estocolmo, as maiores cidades da Suécia   Monumento Götaplatsen na principal e moderna rua de Gotemburgo, a Kungsportavenyn